Show de Elton John contagia a plateia em Porto Alegre

Em show pontual e repleto de hits, o cantor, que já vendeu mais de 450 milhões de discos, subiu no palco às 21h10, interagindo com o público gaúcho e se disse feliz em estar na cidade pela primeira vez.

Com um repertório focado nos sucessos de álbuns como Don’t Shoot MeI’m Only the Piano Player e Goodbye Yellow Brick Road, ambos de 1973, o cantor empolgou o público.

Trajando um casaco cheio de brilho e saudando a plateia a todo instante, o cantor abriu sua apresentação com The Bitch is Back, canção de Caribou,  álbum de 1974. Bennie and the Jets e Grey Seals, duas composições do antológico disco Goodbye Yellow Brick Road, foram apresentadas na sequência, quando ele aproveitou para agradecer por estar tocando em Porto Alegre pela primeira vez.

Logo após, anunciou que a próxima canção seria dedicada a todas as mulheres. Quando a clássica Tiny Dancer teve seus primeiros acordes executados, a plateia mostrou que, após mais de quatro décadas de carreira, ainda sabe cantar um dos maiores sucessos do sir inglês, no momento de maior emoção do show.

Há muito tempo acompanhando Elton John, a banda de apoio foi um dos pontos positivos da apresentação desta terça-feira à noite. O baterista Nigel Olsson, por exemplo, toca com o artista desde a estreia, em 1969, com o disco Empty Sky.

Antes de Believe, música do disco Made in England, de 1994 – e uma das raras composições recentes apresentadas –, Elton John disse que “a música une as pessoas”, sentimento comprovado pela plateia, formada por famílias e amigos de todas as idades, que dançavam e cantavam. Um show inesquecível do cantor britânico.

Elton John - Foto: Andréa Graiz / Agencia RBS

Fonte: Zero Hora, mais informações clique aqui.

// 6 de dezembro de 2013
1dez
2014
30dez
2013
27dez
2013
27dez
2013
26dez
2013
25dez
2013
24dez
2013
20dez
2013
20dez
2013
19dez
2013
15dez
2013
15dez
2013
13dez
2013
13dez
2013
8dez
2013
6dez
2013
6dez
2013
6dez
2013
4dez
2013
4dez
2013
Categorias